O que a descarga masculina nos homens diz?

A área genital masculina é muito vulnerável a processos patológicos, portanto, a saúde do homem deve ser monitorada de perto. Com uma ereção, um segredo é secretado, é necessário examinar a secreção no homem quando excitado. É esse líquido que pode informar sobre o estado de saúde do homem. O segredo pode ser natural e alertar sobre o processo patológico.

Quando a descarga é considerada normal

Em estado de excitação, os homens sempre devem ter um segredo do pênis. A descarga é considerada normal de uma certa forma.

descarga em homens, a norma e desvios
  1. Uretorréia lívida.Esta é uma secreção transparente sem um cheiro específico que ocorre durante a relação sexual. Esse segredo é essencial como um lubrificante natural. A secreção de segredos nesses momentos é mínima. O homem, com essa secreção, não sente desconforto. As secreções secretoras incluem uma pequena quantidade de esperma, que tem mobilidade ativa. Com a penetração dessas secreções na flora vaginal, a parceira pode engravidar. Portanto, os médicos recomendam que os homens que não vão ter filhos usem o preservativo no início da relação sexual, e não antes do fim, que é praticado por muitos.
  2. Smegma.Esta é a secreção produzida pelas glândulas sexuais, que estão localizadas perto da cabeça do falo. Smegma tem uma cor esbranquiçada amarelada e um aroma desagradável. Com o acúmulo de esmegma na região da cabeça do órgão genital, o processo patológico não é diagnosticado. Esta descarga indica falta de higiene.
  3. Esperma.A descarga de fluido durante a excitação em homens durante a ejaculação é chamada de sêmen. O sêmen é uma secreção de consistência mucosa que possui um odor específico. O início da secreção do canal uretral ocorre no momento em que o pico máximo da relação sexual é atingido. Composição do esperma: espermatozoides móveis com secreções produzidas pelas glândulas dos órgãos genitais. Se este líquido entrar na vagina feminina durante a ovulação (período no meio do mês), a concepção de uma criança é possível. Nesse momento, a maior probabilidade de fertilização, mesmo nos casos em que uma quantidade muito pequena de fluido seminal foi liberada durante a relação sexual. Em alguns homens, a pequena ejaculação está associada a processos patológicos; no entanto, isso é um equívoco. Alguns homens têm características fisiológicas em seus corpos.

Quando uma forte potência é marcada por uma pequena quantidade de ejaculação com dor de cabeça, dor na virilha, coceira, hiperemia, um odor específico e outras anormalidades, é necessária uma visita urgente a um urologista.

Qual secreção é considerada patológica

Nem toda descarga de ereção é considerada normal em homens. Às vezes, pode haver uma mistura de pus ou sangue.

Existem várias razões patológicas que requerem orientação médica:

descarga em homens quando excitados o que é
  • massa abundante ou magra com grumos de coágulos;
  • síndrome dolorosa na região sacro-lombar ou no peito;
  • cheiro nojento;
  • emitindo urina com desconforto.

A alta com uma boa ereção no homem é de natureza específica e pode alertar para o desenvolvimento de qualquer patologia.

  • Processos inflamatórios das áreas urinária e genital, que podem ser provocados por vários microrganismos nocivos.
  • Doenças oncológicas;
  • STDs;
  • Complicação associada a inflamação do sistema urinário ou reprodutor, provocada por lesão ou cirurgia;

Os homens geralmente ficam horrorizados ao ver uma secreção da uretra, com vestígios de sangue. Na maioria dos casos, essa secreção indica a possibilidade de um processo oncológico, que na maioria das vezes pode afetar a glândula masculina, testículos, túbulos seminíferos. No entanto, é necessário levar em consideração uma série de outros sintomas que podem acompanhar essas doenças.

Ou seja:

  • dor ao urinar;
  • urina vermelha;
  • alta temperatura;
  • coágulos de muco são observados no canal uretral (geralmente isso ocorre em um estágio avançado de desenvolvimento).

Quando uma secreção pegajosa e transparente, de origem viscosa e com um odor desagradável, sai do canal uretral, alerta para o surgimento de uma patologia infecciosa. A infecção de um homem pode ocorrer por meio de relações sexuais.

Sinais adicionais incluem coceira, vermelhidão da epiderme da cabeça, com sinais de erupção cutânea no órgão.

Doenças infecciosas que podem afetar a área urinária e genital do corpo masculino:

  • gonorreia;
  • ureaplasmos;
  • herpes;
  • micoplasmas;
  • clamídia.

Quando um processo infeccioso se desenvolve no canal uretral masculino, o órgão genital secreta um segredo com um grande número de leucócitos, que tornam o fluido viscoso. Isso indica a presença de pus no sêmen. Esse fenômeno alerta para complicações graves no processo patológico.

Na ausência de pus, não há razão para adiar a visita a um especialista especializado (urologista). O tratamento precoce pode provocar fimose. Fimose é a adesão característica do prepúcio à cabeça do pênis. Esta patologia é tratada apenas com o uso de cirurgia.

Entre os motivos que podem provocar corrimento patológico da uretra, podem estar envolvidas outras doenças infecciosas, cujo desenvolvimento deve ser eliminado imediatamente, para isso é necessário procurar atendimento médico com urgência.

Isso inclui infecção por estafilococos, estreptococos, canal uretral e fungo testicular. Esta patologia é expressa por prurido do períneo, inchaço do escroto, cabeça do falo com hiperemia.

Certas doenças podem provocar esses processos patológicos com secreções específicas:

  • balanopostite;
  • hemorréia;
  • uretrite do tipo não gonorréica;
  • espermatorréia.

Essas doenças podem ser marcadas pelo sangramento do canal uretral com dor adicional na virilha e na região escrotal. A síndrome da dor também é observada nos testículos, enquanto o homem se sente enfraquecido, a temperatura corporal aumenta e é difícil urinar.

O que fazer se um homem tiver corrimento patológico

Quando um homem tem uma rejeição atípica do canal uretral em um estado agitado, ele deve consultar um médico. Um especialista especializado encontrará a causa e ajudará a eliminá-la. Para isso, o urologista propõe fazer um exame e passar nos testes necessários.

Ou seja:

  • esfregaço do canal uretral para cultura bacteriana;
  • espermograma;
  • visita ao proctologista;
  • exame de urina e sangue totais;
  • exame de ultrassom de órgãos na pelve pequena.

Após um exame completo e recebimento dos resultados do teste, um especialista pode determinar a causa da descarga específica em homens. Depois disso, é prescrita terapia terapêutica, que permite reduzir sintomas desagradáveis, evitando uma complicação patológica.

Quando os pacientes não procuram imediatamente ajuda médica para um curso de terapia, isso ameaça a progressão da doença com o surgimento de graves consequências que afetam não apenas a conduta de uma vida sexual de qualidade, mas também a saúde geral do sexo masculino.

Alguns processos patológicos podem afetar toda a área urogenital. Durante a ejaculação, pode ocorrer sangramento, o que é fatal.

Para prevenir manifestações patológicas expressas por secreção anormal da uretra, os homens devem levar sua saúde a sério. Para prevenir doenças da região urinária e genital em estágio inicial, você deve se submeter a um exame agendado por especialista especializado anualmente.